Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Lama toma conta do acesso a uma ponte em Marabá e põe em risco população

Foi refeita em concreto a estrutura precária da ponte de madeira que desabou em Marabá, em agosto do ano passado, mas a população tem de enfrentar um atoleiro para passar pelo trecho.

 

Foi refeita em concreto a estrutura precária de uma ponte de madeira que desabou em Marabá, sudeste do Pará, em agosto do ano passado. A estrutura em concreto ficou boa, mas a população tem de enfrentar um atoleiro para passar pelo trecho.

Com tanta lama, é arriscado chegar em segurança à região da comunidade do Muru Muru, na zona rural de Marabá. As pessoas se arriscam. Um motoqueiro quase cai ao passar por um trecho com muita lama.

A obra representou a retomada de uma importante rota de escoamento da produção desta parte do município, que estava prejudicada depois que a antiga estrutura desabou.

A situação da antiga ponte de madeira era precária. Quando parte dela desabou em agosto do ano passado, um caminhão foi junto. Um desvio chegou a ser improvisado na época e a prefeitura de Marabá informou que a estrutura não podia ser recuperada e que a construção de uma nova ponte levaria três meses. Mas a espera dos moradores foi bem mais longa, durou sete meses.

“Está perigos passar aqui se estiver chovendo. Eu não me arrisco passar. Se não ajeitar, vai piorar, pois vai chover mais”, diz o comerciante Augusto César.

O secretário de obras de Marabá explicou que a estrada ficou deteriorada por causa das chuvas. “As chuvas estão intensas. No prazo de 10 dias ela já vai estar bem trafegável e quando chegar o verão a gente faz o serviço definitivo”, disse Fabio Moreira.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE