Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

GERAL

Venezuela desloca caças F-16 para a fronteira com a Colômbia

 
 -
Desde 1 de fevereiro, a Aviación Militar Bolivariana da Venezuela enviou à fronteira colombiana um esquadrão de bombardeiros F-16A/B Fighting Falcon para participar da Operação Aricagua 01-2018 que busca reforçar o aparelho militar venezuelano na área de fronteira convulsiva e especialmente no estado de Táchira.

O esquadrão composto por 4 aeronaves do Grupo de caça n.° 16 (dois monopostos e dois bipostos) foi desdobrado da Base Aérea El Libertador, localizada em Palo Negro (estado de Aragua) para a Base Aérea Tática Avançada Buenaventura Vivas (BAVIVAS) localizada na população de Santo Domingo (estado de Táchira) e muito perto da fronteira com a Colômbia.

O desdobramento dessas aeronaves de combate foi acompanhada por um destacamento de 58 técnicos e equipes de logística que se mudaram para esta base avançada a bordo de um avião de transporte Shaanxi Y-8.

Da mesma forma, em conformidade com a Operação Sentinel 2018, o governo venezuelano ordenou, na medida do possível, a implantação de 111 comandos das forças especiais do 322º Batalhão de Caribes “Coronel Francisco Carvajal”, especializado em contra-insurgência para a fronteira colombiana, no estado ocidental de Táchira que pode ser uma resposta ao deslocamento de militares no lado colombiano.

A transferência foi feita pelo Grupo de Transporte Aéreo Nº6 da AMB, em uma aeronave Y-8 do aeroporto José Tadeo Monagas, em Maturín, com destino ao estado de Táchira, onde “eles desempenharão funções de segurança nas fronteiras”, afirma a mensagem.


webinfomil.com

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE