Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

''Se a gente encontrar os criminosos soltos por aí vamos fazer do nosso tipo‘’ diz indígena

 
Índios de várias aldeias da região Araguaia participaram de uma manifestação na tarde desta quarta-feira,(14) ,em frente à sede da promotoria de Porto Alegre do Norte. Eles pediam justiça no caso da morte do Professor indígena Daniel Kabixana.

Estava previsto para participar do ato cerca de 200 indígenas, mas por falta de transporte vieram apenas os representantes das aldeias e aproximadamente 100 índios.

Os caciques das aldeias e o pai de Daniel Kabixana participaram da reunião com o promotor, enquanto os outros indígenas aguardavam do lado de fora posicionados com bordurnas e arco e flechas e pintados conforme a tradição.

Em entrevista com o cacique Weber ele relatou que o caso está a ser concluído, e que o julgamento ainda não tem data marcada, ‘’uma nova reunião está agendada para o dia dois de março para saber como está o andamento’’ finaliza.

Segundo o Primo de Daniel essa manifestação é para saber como vai ser o processo de agora para a frente, ‘’ Nos da família queremos que a justiça seja feita, todos os parentes estão acabados, tristes e sem vontade de ir trabalhar, agora eles estão presos não tem como nos tirar, se a gente pegar ele solto por aí vamos fazer do nosso tipo como indígena’’ conta.

A manifestação ocorreu de forma pacífica. Os indígenas vão aguardar o julgamento que ainda não tem data marcada.


Agencia da Noticia

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE