Esportes

Esportes

Fechar
PUBLICIDADE

Esportes

Possíveis mudanças atiçam atletas nos treinos do Papão

 
 - Nando Carandina acredita que treinos ficam mais intensos com a vinda de um técnico novo   Foto: Irene Almeida
Nando Carandina acredita que treinos ficam mais intensos com a vinda de um técnico novo Foto: Irene Almeida

No meio do elenco do Paysandu, no gramado da Curuzu, bem mais magro e correndo muito, Dado Cavalcanti só não se confundia com seus comandados porque usava boné e ditava, de forma enfática, as ordem aos atletas. Posicionamento, finalização, diminuição de espaços. 

  • Veja imagens da movimentação

O tempo até a estreia é exíguo e o trabalho tem que ser forte. Como Dado disse que pode haver trocas para o jogo com o Parauapebas, sem deixar claro se no posicionamento ou nas peças em campo, a disputa no elenco passou a ser mais acirrada ainda.

“Isso acontece em qualquer clube quando há uma mudança de comando. Os treinos ficam mais fortes em busca da chance de jogar. É um recomeço, com a necessidade de se matar um leão por dia”, concordou o volante Nando Carandina, que vem sendo titular nesse começo de temporada e torce que, pelo menos na sua posição, nada mude. “Da minha parte, tomara que continue titular”.

Carandina reconhece que o começo bicolor deixou a desejar depois das três primeiras vitórias no ano, todas pelo Campeonato Estadual. De acordo com ele, o time vem apresentando melhoras na marcação, mas está pecando na objetividade. “Acho que não tem uma explicação melhor do que voltar a fazer gols. Estamos conseguindo marcar bem atrás, mas só com gols as vitórias vão aparecer e aumentar nossa confiança”.

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE