Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Nova passagem de ônibus será definida hoje

 
 -   Foto: Ricardo Amanajás
Foto: Ricardo Amanajás

O Conselho Municipal de Transportes de Belém se reúne hoje de manhã para discutir as propostas de reajuste da passagem de ônibus urbanos na capital. O Sindicato das Empresas de Ônibus de Belém (Setransbel) propõe reajuste da tarifa dos atuais R$ 3,10 para R$ 3,61, um aumento de 16,45%. Já a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) sugere que o novo valor seja de R$ 3,31 (6,77%). O último reajuste da tarifa de ônibus ocorreu em 19 de janeiro de 2017, quando a passagem passou de R$ 2,70 para os atuais R$ 3,10. Segundo o Setransbel, o aumento é necessário para cobrir a defasagem do valor da passagem e o aumento de custos de itens como combustíveis, peças, pneus e despesas de pessoal. 

Para o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/Pa), as duas propostas levam em consideração apenas o equilíbrio financeiro das empresas, através da recomposição de custos, mas não atendem a Lei Orgânica do Município, que prevê que a tarifa de ônibus leve em consideração o poder aquisitivo da população, mensurado sobretudo pela inflação calculada desde o último reajuste e que não deve ultrapassar 3%, segundo o órgão.

O Dieese/PA explica que, no caso da adoção deste critério, o novo valor das passagens não poderá ultrapassar os R$ 3,20. A decisão cabe ao Conselho Municipal de Transportes. O valor aprovado ainda dependerá de sanção do prefeito Zenaldo Coutinho para entrar em vigor.

IMPACTOS

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE