Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Trump diz que comentário sobre Kim Jong-Un foi citado com erro

O presidente dos EUA acusou o jornal The Wall Street Journal de não ter publicado corretamente uma frase sua sobre a relação com o líder da Coreia do Norte

 
 -  Combinação de fotos mostra o presidente dos EUA Donald Trump e o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-Un  Foto: Nicholas Kamm/AFP; KCNA via KNS
Combinação de fotos mostra o presidente dos EUA Donald Trump e o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-Un Foto: Nicholas Kamm/AFP; KCNA via KNS

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump acusou, neste domingo (14), o jornal The Wall Street Journal de não ter publicado corretamente uma frase sua sobre a relação com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un.

"Provavelmente, eu tenho uma relação muito boa com Kim Jong-Un", disse Trump, segundo o jornal, em uma entrevista na quinta-feira (11), se recusando a confirmar se os dois tinham se falado.

Mas a Casa Branca afirma que Trump disse a frase na condicional. Neste domingo, o presidente reafirmou isso pelo Twitter.

"Obviamente eu não disse isso. Eu disse 'eu teria uma relação boa com Kim Jong-Un', tem muita diferença. Felizmente, agora nós gravamos conversas com repórteres", tuitou.

"E eles sabem exatamente o que eu disse e quis dizer. Só queriam ter uma matéria. Fake news!".

Tanto a Casa Branca quanto o Wall Street Journal publicaram o áudio dos comentários de Trump no Twitter.

O governo tinha negado e corrigido, no sábado (13), a citação atribuída a Trump, que sugeria que ele tinha contato com o líder norte-coreano.

A porta-voz da presidência, Sarah Sanders, afirmou, por meio de um meme no Twitter, que Trump foi citado incorretamente.

"O presidente Trump disse: 'Provavelmente teria uma relação muito com Kim Jong-Un da Coreia del Norte'. Teria! Teria! Teria!", diz o post na rede social, que simula uma capa do jornal com um destaque em vermelho dizendo "fake news".

Washington e Pyongyang se enfrentam acerca dos programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte, que poderiam ser usados para atacar os Estados Unidos e seus aliados.

Trump repetidamente insultou o líder norte-coreano, descrevendo-o como um louco e chamando-o de "homem do foguete".

Questionado se falou com Kim, Trump respondeu: "Não quero comentar sobre isso, não estou dizendo que fiz ou não, simplesmente não quero comentar".

 

 

 

PUBLICIDADE
Comportamento Se você tem algum desses nomes há chance de se casar em 2018
Comportamento Sinais de que você é mais esperto do que você pensa
Variedades 15 fotoflagrantes incríveis
Saúde e Bem Estar Limonada negra - poção ou milagre?
Ecologia Será que só os humanos perderam o sentido de amor?
Saúde e Bem Estar As mulheres amam sapatos, mas que cuidados devemos ter ao escolhê-los?
Saúde e Bem Estar Os pesquisadores encontraram a melhor razão para se comer chocolate
Celulares Recursos legais do botão central nos fones de ouvido do iPhone
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE