Esportes

Esportes

Fechar
PUBLICIDADE

Esportes

Cametá mantém mistério para o início do Parazão

 
 - O lateral Andrelino é uma das apostas do Mapará para 2018  Foto: Daniel Costa/Arquivo
O lateral Andrelino é uma das apostas do Mapará para 2018 Foto: Daniel Costa/Arquivo

Dentre as equipes participantes dessa edição de Campeonato Paraense, o Cametá, sem dúvida, é a mais misteriosa em termos de planejamento. Com exceção do treinador Samuel Cândido, o departamento de futebol da agremiação mantém em sigilo os assuntos voltados ao time que irá disputar o Estadual. De acordo com Cândido, somente pouco antes da estreia é que o setor de marketing faria uma apresentação para a imprensa. “É algo que combinamos e que estamos seguindo. Essa é uma tentativa de mudança que acreditamos que será fundamental na nossa trajetória”, disse o comandante cametaense.

Mesmo não adiantando nenhum nome do time titular, os dirigentes do Mapará destacaram a renovação do time. Fechando o plantel, os responsáveis pelo clube enalteceram a escolha pelos atletas contratados e, que, apesar do ano passado ter sido difícil, 2018 será diferente para o Cametá. “Nosso retrospecto não é agradável. Ano passado brigamos para não cair. Por isso, internamente, decidimos mudar algumas atitudes para esse ano. As contratações foram feitas sob análise do Samuel e de nós, dirigentes de futebol. Decidimos também não realizar amistosos, para focar nos treinos, conforme pedido do nosso comandante. É um novo modelo, e esperamos reviver 2012, com uma conquista e uma vaga para o Nacional”, explicou o diretor de futebol, Luiz Augusto Ferreti, esperançoso.

Apesar da aura de segredo, alguns jogadores conhecidos que fazem parte do elenco do Mapará são: o lateral-esquerdo Andrelino, o zagueiro Thiago Costa e o volante Alan Peterson. Muitos atletas das categorias de base também compõem o grupo.


PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Esportes

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE