Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Obra na UPA do Jurunas está parada

 
 - Obra da Unidade de Pronto Atendimento se encontra em estado de abandono no Jurunas, com muito mato e entulhos espalhados  Foto: Irene Almeida
Obra da Unidade de Pronto Atendimento se encontra em estado de abandono no Jurunas, com muito mato e entulhos espalhados Foto: Irene Almeida

Com obras paradas desde abril de 2016, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jurunas, em Belém, encontra-se em estado de abandono. Mato e entulhos podem ser observados na área externa da construção. Enquanto o espaço permanece de portas fechadas, os pacientes padecem em busca de atendimento, já que são obrigados a se deslocarem para unidades de saúde ou prontos-socorros da capital onde, muitas vezes, faltam médicos e medicamentos básicos.

Morador do Jurunas, José Santos, 52, conta que na sua casa moram ele, a esposa, o filho, a nora e uma neta. Todos dependem da rede de saúde pública e, quando precisam de algum tipo de atendimento, se deslocam para a Unidade Municipal de Saúde do bairro. Porém, nem sempre conseguem marcar consultas ou receber
medicamentos. 

“É um descaso com a população, porque se estivesse pronta (a UPA) facilitaria muito a nossa vida. A gente chega no Guamá (PSM) ou no posto, não tem médico, não tem remédio. Sou hipertenso e toda vez preciso comprar o remédio”, lamenta. A dona de casa Vanessa Nascimento, 31, acredita que faltava pouco para a obra ser entregue. Porém, o local continua sem serventia para a população. “Na minha opinião é descaso mesmo, porque faltava pouca coisa para terminar”, critica.



ESCOLA

Segundo Vanessa, antes da construção, funcionava uma escola naquele local. Com a desativação, os alunos teriam sido deslocados para um galpão, sem nenhuma infraestrutura, situado em frente ao complexo do Jurunas. “Já que não fazem a UPA, a população chegou a sugerir que colocassem as crianças para estudar aí. Mas não foi para frente. É uma tristeza porque esse prédio está se acabando, enquanto as crianças estudam no calor”. 

Diretor do Sindicato dos Médicos do Estado do Pará (Sindmepa), o médico Wilson Machado disse que, durante audiência realizada em novembro passado com representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), a Prefeitura disse que a reforma do PSM do Guamá está prevista para iniciar em março deste ano. “Eles disseram que estavam dependendo da entrega da UPA da Terra-Firme porque todo atendimento ambulatorial, consultas e de emergência do Guamá, será transferido para a UPA. Então, vamos continuar cobrando para que isso aconteça”, pontua.

O médico acrescenta que os atendimentos de UTI serão encaminhado ao PSM da 14 de Março. E os casos de cirurgia, segundo a Sesma informou, serão direcionados ao Hospital Samaritano. Ou seja, apesar de ter sido inaugurada ontem (12), a UPA da Terra-Firme está prevista para receber a demanda do PSM do Guamá. Em nota, a Sesma afirma que as obras da UPA do Jurunas estão em ritmo reduzido por causa da crise financeira no País.

PUBLICIDADE
Celulares Vídeos Youtube poderão ser abertos dentro do Whatsapp
Variedades Um teste que os adultos não conseguem resolver, uma criança encontra a resposta em poucos segundos
Variedades Como plantar abacate em casa?
Saúde e Bem Estar As mulheres amam sapatos, mas que cuidados devemos ter ao escolhê-los?
Saúde e Bem Estar Seis sinais de desequilíbrio hormonal que você não deve ignorar
Ecologia Conheça as incríveis formigas Pote-de-Mel
Variedades Fotos curiosas que lhe farão pensar um pouco
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE