Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

China recupera dois corpos e a caixa preta de petroleiro iraniano

O navio-tanque ''Sanchi'', com 136 mil toneladas de petróleo iraniano, pegou fogo em 6 de janeiro após se chocar com um navio mercante chinês.

 
 -  O petroleiro iraniano  Sanchi  é visto em chamas no mar da costa leste da China neste sábado  13   Foto: China Daily/via Reuters
O petroleiro iraniano Sanchi é visto em chamas no mar da costa leste da China neste sábado 13 Foto: China Daily/via Reuters

A China recuperou neste sábado (13) a caixa preta e dois corpos de marinheiros do navio petroleiro iraniano que está em chamas há uma semana diante de seu litoral, indicou o ministério dos Transportes.

O navio-tanque "Sanchi", com 136.000 toneladas de petróleo iraniano, pegou fogo em 6 de janeiro depois de se chocar com um navio mercante chinês. O acidente aconteceu 300 km a leste da cidade chinesa de Xangai.

A bordo estavam 32 membros da tripulação - 30 iranianos e dois bengaleses. No total, três corpos foram recuperados até agora. O resto dos tripulantes continua desaparecidos.

Foto de quarta (10) mostra o navio de fornecimento chinês 'Shen Qian Hao' pulverizando espuma no petroleiro iraniano em chamas 'Sanchi', no mar da costa leste da China (Foto: Sede da 10a Guarda Costeira Regional/Divulgação via Reuters) Foto de quarta (10) mostra o navio de fornecimento chinês 'Shen Qian Hao' pulverizando espuma no petroleiro iraniano em chamas 'Sanchi', no mar da costa leste da China (Foto: Sede da 10a Guarda Costeira Regional/Divulgação via Reuters)

Foto de quarta (10) mostra o navio de fornecimento chinês 'Shen Qian Hao' pulverizando espuma no petroleiro iraniano em chamas 'Sanchi', no mar da costa leste da China (Foto: Sede da 10a Guarda Costeira Regional/Divulgação via Reuters)

Segundo a fonte, os novos corpos foram encontrados em um bote salvavidas.

"Depois de recuperar a caixa preta, os socorristas tentaram ter acesso à área inferior do barco, mas a temperatura era de 89 graus Celsius e não puderam entrar", assinala o comunicado do ministério.

No total, 13 navios participam nas operações de resgate.

O petrolero de bandeira panamenha se dirigia para a Coreia do Sul. Pertence à National Iranian Tanker Company (NITC), que administra a frota de navios petroleiros do Irã.

Um navio de resgate tenta apagar o fogo do petroleiro iraniano 'Sanchi' no mar da costa leste da China na sexta (12) (Foto: China Daily/via Reuters) Um navio de resgate tenta apagar o fogo do petroleiro iraniano 'Sanchi' no mar da costa leste da China na sexta (12) (Foto: China Daily/via Reuters)

Um navio de resgate tenta apagar o fogo do petroleiro iraniano 'Sanchi' no mar da costa leste da China na sexta (12) (Foto: China Daily/via Reuters)

 

 

 

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Seis sinais de desequilíbrio hormonal que você não deve ignorar
Turismo Mundo Subterrâneo: Um incrível reino descoberto depois de milhões de anos oculto
Saúde e Bem Estar Como ter as mãos lindas e suaves em apenas 60 segundos
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Ciência 2037, ano do apocalipse do chocolate, que pode desaparecer.
Comportamento Padrões de beleza feminina em 15 diferentes países. Brasileiros são mais exigentes.
Mangás e Animes 15 frases de Homer Simpson que demonstram sua sabedoria
Personalidades Afinal, quem é Kim Kardashian?
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE